Badejo: de onde surgiu esse peixe na culinária?

Badejo: de onde surgiu esse peixe na culinária?

Saber de onde surgiu o badejo é algo que instiga a curiosidade dos amantes da culinária. Afinal de contas, é esse peixe que dá origem às moquecas feitas em restaurantes ao redor do mundo. Ele é vive em costões e corais, sendo encontrado nas águas salgadas e tem uma carne densa e saborosa.

Geralmente, essa espécie gosta de águas onde há um nível alto de salinidade. Ainda, gosta de estar escondida em tocas formadas pelas rochas. Por isso, sua pesca pode ser um pouco mais difícil do que as demais. No post de hoje, iremos falar de onde surgiu o badejo e quais as características desse peixe. Confira!

Afinal, de onde surgiu o badejo?

Poucos sabem, mas o badejo é um peixe de fato muito nacionalista. Isto é, será muito difícil encontrá-lo em outro lugar que não seja o Brasil. Assim, ele está distribuído entre os mares brasileiros desde o Norte até o Sul. E como dissemos antes, adoram estar escondidos nos corais.

Além destes lugares, esse peixe também gosta de frequentar os estuários e locais onde pode encontrar tocas. Com isso, costuma andar sozinho ou em grupos pequenos. Por ser carnívoro, ele se alimenta de outros peixes menores, moluscos e crustáceos. E há uma curiosidade: essa espécie é hermafrodita!

Isso significa que o badejo nasce fêmea e depois de atingir a maturidade se torna macho. Quando está na época de reprodução, ele pode formar pequenos cardumes com outros de sua espécie. Assim, pode reproduzir em uma média de até 500 mil ovos. Bastante, não é mesmo?

Badejo: de onde surgiu esse peixe na culinária?

Conhecendo essa espécie na culinária

Como dissemos antes, o badejo possui uma carne densa e muito saborosa. Sendo assim, é um dos peixes preferidos dos amantes de frutos do mar. Afinal, além de um sabor indiscutível, ele também proporciona altos valores nutricionais. Entre seus benefícios, é rico em ômega 3 e em sais minerais.

Mas não é só isso, essa carne branca e leve também entrega aos consumidores mais vantagens. Dentro do badejo há uma quantidade considerável de ferro, flúor, cobalto, potássio, magnésio e fósforo. Ainda, conta com vitaminas E, A e D. Por isso, serve como combatente para inúmeras doenças.

A sua preparação em restaurantes de frutos do mar é bastante variada. Isto é, pode incluir desde o frito, até o assado e grelhado. Em épocas como o verão, ele pode ser uma excelente pedida, uma vez que é suave e de fácil digestão. 

Agora que você conhece tudo sobre a origem do badejo, saiba que pode encontrá-lo aqui na Marettimo! Nós preparamos pratos especiais com esse peixe, utilizando somente ingredientes selecionados. Também contamos com outras opções de frutos do mar que podem lhe interessar. Acesse o nosso site e confira o nosso cardápio para saber mais.

Gostou de tudo o que leu até aqui? Então não deixe de nos contar o que achou em nossos comentários! Para continuar recebendo dicas e novidades sobre a culinária marítima, basta acompanhar as nossas postagens feitas aqui no blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *